Menos espaço para os carros e mais para as pessoas

Até dezembro de 2022, o governo da Cidade Autônoma de Buenos Aires – através do Ministério do Espaço Público e Higiene Urbana e da Secretaria de Transportes e Obras Públicas – construirá um corredor verde de oito quarteirões no bairro Caballito.

O projeto faz parte do recentemente apresentado Plano de Ação Climática da Cidade de Buenos Aires, no qual o governo se compromete a adotar medidas imediatas para ajudar a reduzir as emissões de gases de efeito estufa.

CARACTERÍSTICAS

De acordo com informações oficiais, este projeto conectará de forma sustentável a Praça 24 de Septiembre com a Praça Giordano Bruno e transformará mais de 15 mil m2 de espaço público na cidade. O trabalho tem um cronograma de 11 meses e se estenderá de janeiro a dezembro de 2022.

Das oito faixas da Avenida Honorio Pueyrredón, três delas (tráfego de norte a sul) serão convertidas em áreas verdes para atividades ao ar livre e uma faixa em uma rua de convivência.

Isto adicionará quase um hectare de espaços verdes à via, incorporará mais de 200 novas árvores e servirá a mais de 80 mil moradores da área.

VANTAGENS

O governo da capital ressalta que o projeto trará vantagens significativas, como a adição de quase um hectare de espaços verdes aos oito quarteirões da Avenida Honorio Pueyrredón.

Também incorporará espaços recreativos e áreas de descanso, expandirá a biodiversidade e a área arborizada, assim como promoverá a mobilidade sustentável.

De acordo com dados oficiais, no que diz respeito ao espaço público renovado, a obra permitirá 16.623 metros quadrados de melhorias.  Serão plantadas 204 novas árvores de 18 espécies. Haverá a incorporação de vegetação em todo o parque e nas esquinas das ruas. Com isso, o projeto implantará 9.556 m2 de total de novas áreas verdes, além de incorporar 7.067 m2 de total de novos espaços para pedestres.

Será implantado um sistema de drenagem sustentável que filtra, drena e retarda a entrada da água da chuva na rede de águas pluviais da cidade.

Os vizinhos encontrarão uma nova rua de 3,5 metros de largura, bem como um playground com equipamentos recreativos, uma área esportiva com quadra de tênis, estações de treinamento aeróbico e um anfiteatro com áreas de descanso.

 MUDANÇAS NA MOBILIDADE

A Avenida Honorio Pueyrredón terá mão única em direção ao norte da cidade, de Neuquén em direção à Avenida Gaona.

Os carros e ônibus que atualmente viajam para o sul serão desviados para as avenidas Rojas, Hidalgo e Acoyte.

Docas de carregamento e descarregamento serão incorporadas à avenida e às ruas transversais.

As três paradas da linha de ônibus 92 atualmente em direção ao sul, na Avenida Honorio Pueyrredón, serão reposicionadas. As paradas das linhas de ônibus 106 e 92 existentes na avenida no sentido norte permanecerão as mesmas.

PARTICIPAÇÃO

O governo aponta que houve um processo de participação cidadã, com uma série de reuniões com os moradores para colher opiniões sobre os espaços verdes do município. Foi oficialmente relatado que desse intercâmbio foram consideradas diversas propostas contempladas no projeto.

JUSTIFICATIVA

O comunicado do governo salienta que para o futuro se busca uma cidade “mais verde, mais justa e mais equitativa”, ou seja, uma cidade em que o foco seja o cuidado com os recursos naturais, a promoção da biodiversidade e a busca do bem-estar geral.

A proposta deve levar à realização de uma “cidade próxima”, com um espaço público que conecte as pessoas com a natureza e as convide a caminhar, conhecer e desfrutar dela.

 “Esta é a cidade para a qual vamos, centrada nas pessoas e com mais espaço para os vizinhos. Com o Metrobus, demos mais espaço ao transporte público; com as ciclovias, às bicicletas; com as ruas prioritárias para pedestres e travessias seguras, aos pedestres”, disse Juan José Méndez, secretário de Transportes e Obras Públicas.

Ele acrescentou: “Cada parque, cada praça é um espaço ganho para a vida ao ar livre e para o nosso bem-estar. É um processo de democratização da rua e do uso do espaço público do qual nos orgulhamos e que continuará a crescer e acelerar em todos os bairros da cidade”.

Em relação às obras, Clara Muzzio, ministra do Espaço Público e Higiene Urbana, disse: “Desde a pandemia, as cidades mais importantes do mundo criaram seu plano de ação para a nova normalidade e estão todas caminhando na mesma direção: mais compromisso com o meio ambiente. É por isso que, em linha com a melhoria da qualidade de vida, tendo uma melhor relação com os espaços verdes e promovendo a biodiversidade, estamos planejando este parque linear na Avenida Honorio Pueyrredón. Buscamos valorizar o espaço público e promover a mobilidade sustentável”.

Veja também

Por