Moovit apresenta seu novo Relatório Global sobre Transporte Público, incluindo dados de 63 cidades e regiões urbanas em nove países da América Latina. Acesse a publicação.

Moovit, empresa do grupo Intel, apresentou e disponibilizou nesta última semana de janeiro de 2021 a nova edição do seu Relatório Global sobre Transporte Público, em 24 idiomas e variações de três deles, o português, espanhol e o inglês.

O estudo analisa milhões de viagens realizadas ao longo do ano passado em 104 cidades de 28 países, combinada com uma pesquisa de opinião com os usuários do aplicativo, para montar um panorama sobre o uso de transporte público e micromobilidade pelo planeta.

Há informações de 63 cidades e diferentes regiões ligadas a diversas cidades de nove países da América Latina.

  • Argentina – Buenos Aires, Córdoba, Posadas, Rosário.
  • Brasil – Bauru, Belém e Região, Belo Horizonte e Região, Brasília e Entorno do DF, Campina Grande, Campinas e Região, Campo Grande, Caxias do Sul e Serra Gaúcha, Cuiabá, Curitiba e Região, Florianópolis e Região, Fortaleza e Região, Foz do Iguaçu, Goiânia e Região, João Pessoa, Joinville, Jundiaí, Londrina, Maceió, Manaus, Maringá e Região, Natal e Região, Ponta Grossa, Porto Alegre e Região, Recife e Região, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro e Região, Salvador, Santos, São Vicente, Guarujá, Cubatão e Bertioga, São José dos Campos, São Luís, São Paulo e Região, Teresina e Uberlândia.
  •  Chile – Santiago, Valparaíso y Vina del Mar.
  • Colômbia –  Barranquilla, Bogotá, Bucaramanga, Cali e Medellín.
  • Costa Rica –San José.
  • Equador –  Cuenca e  Guayaquil
  • México – Aguascalientes,  Ciudad de México, Guadalajara,  León, Monterrey, Puebla, Querétaro, San Luis Potosí.
  • Peru – Lima.
  • Uruguai –Montevidéu

O Relatório Global Moovit sobre Transporte Público 2020 está disponível para qualquer pessoa que deseje utilizar e comparar dados das cidades analisadas.

As informações são distribuídas sob licença Creative Commons e podem ser utilizadas em artigos, reportagens, estudos e trabalhos acadêmicos, com crédito para o Moovit e link para www.moovit.com.

CARACTRERÍSTICAS

O Moovit explica que o relatório é formado por tabelas dinámicas, por meio das quais é possível analisar os resultados de regiões metropolitanas em diferentes países sob critérios como tempo de viagem, distâncias percorridas, número de baldeações e outros.

Esta edição recém-lançada permite ainda a comparação dos dados atuais com os de 2019. Também foram criadas categorias para verificar o impacto da Covid-19 no uso de transporte público e o interesse em facilidades como pagamento de passagens no smartphone.

A pesquisa foi respondida por 13 mil usuários dessas cidades durante o mês de novembro de 2020, trazendo avaliações e indicações sobre o que pode funcionar melhor no transporte público e na micromobilidade (bicicletas e patinetes compartilhados, entre outros). Todos os dados são anônimos.

Yovav Meydad, vice-presidente de Marketing e Expansão do Moovit destaca que a pandemia mostrou que os dados nunca foram tão importantes. “O big data pode identificar carências na rede de transporte e tendências entre os passageiros, e ajudar na tomada de decisões sobre o uso seguro e eficiente do transporte coletivo. Este relatório é uma ferramenta para governos, operadores e todos nós identificarmos como podemos melhorar a nossa mobilidade”, disse.

Acesse o relatório

Veja também

Por