São Paulo receberá em março a mostra ferroviária NT Expo – 21ª Negócios nos Trilhos

No período de 19 a 21 de março de 2019, a cidade de São Paulo receberá a exposição de negócios ferroviários NT Expo – 21ª Negócios nos Trilhos. O evento será no São Paulo Expo, localizado no início da Rodovia dos Imigrantes, ligação com a cidade portuária de Santos.

Entre outros temas de interesse no setor no Brasil, um dos destaques está nas possibilidades que se abrem para o setor de transporte ferroviário de passageiros, que deve voltar a crescer em 2019 após de dois anos particularmente difíceis.

Os promotores do encontro sublinham que um dos projetos mais esperados no setor é o trecho prioritário do Trem Intercidades (TIC), ligação entre São Paulo e Americana, com paradas em Jundiaí e Campinas e trajeto total de cerca de 135 km.

Esse projeto significaria a retomada da ligação ferroviária de passageiros na porção mais rica e produtiva do território brasileiro, a chamada Macrometrópole Paulista (MMP) que reúne as Regiões Metropolitanas de São Paulo, Baixada Santista (litoral), de Campinas, de Sorocaba e do Vale do Paraíba e Litoral Norte, as Aglomerações Urbanas de Jundiaí e de Piracicaba e a Unidade Regional Bragantina, ainda não institucionalizada.  

A Macrometrópole Paulista tem um território de 53,4 mil km2, com 174 municípios e um Produto Interno Bruto (PIB) em torno de USD 400 bilhões e população superior a 33,6 milhões de habitantes.

TREM INTERCIDADES

Os organizadores da NT Expo – 21ª Negócios nos Trilhos avaliam que o primeiro trecho do TIC deve se tornar realidade em breve. Segundo o secretário de Estado dos Transportes Metropolitanos do Governo do Estado de São Paulo, Alexandre Baldy, deve ser traçado um cronograma de ações desse trecho prioritário até 10 de fevereiro, junto com o governo federal, para que seja publicado o edital de licitação ainda neste ano.

Para o presidente da Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos (ANPTrilhos), Joubert Flores, apenas em trens, sistemas e sinalização, os investimentos nesse primeiro trecho do TIC devem ser de aproximadamente R$ 2 bilhões, se considerar que esses equipamentos correspondem a cerca de 30% do valor do projeto, que está estimado em R$ 5,5 bilhões, mas que pode superar essa soma a depender da definição do trajeto.

“O Brasil tem uma população de cerca de 210 milhões de habitantes, dos quais 85% vivem em cidades. Além disso, temos 25 regiões metropolitanas onde habitam mais de um milhão de pessoas. Precisaremos de sistemas metroferroviários para atender a essa demanda. A NT Expo é a melhor oportunidade de empresas que desejam fornecer produtos e serviços e querem fazer parte dessa retomada”, destaca o presidente da ANPTrilhos.

Veja também

Por