Projeto ‘100 semáforos’

Com um investimento total de 2 milhões de dólares e prazo de implantação de um ano, a Intendência de Montevidéu anunciou em 18 de abril de 2023 a implantação do projeto 100 semáforos, para melhorar o trânsito da cidade, reduzir o índice de acidentes e proporcionar maior segurança para os pedestres.

A nota oficial sustenta que é o maior investimento no menor tempo que a comuna faz em termos de semáforos na capital uruguaia.

RESPOSTA QUASE INTEGRAL

Atualmente, 785 semáforos funcionam em Montevidéu, incluindo 12 semáforos piscantes. Desse total, cerca de 525 são centralizados e controlados a partir do Centro de Gestão da Mobilidade. As demais ainda não estão centralizadas e dependem da Unidade de Sinais Luminosos.

Segundo o governo da capital, através do projeto 100 Semáforos, será dada resposta a quase todos os semáforos reclamados pelos cidadãos.

Por um lado, serão instalados 26 semáforos com tecnologia adaptativa a partir de 26 de maio, uma iniciativa relacionada ao projeto de tráfego adaptativo do plano Montevidéu adiante.

Por outro lado, a partir do próximo mês de agosto serão instalados semáforos em 80 cruzamentos definidos a partir de uma lista de solicitações de vizinhos, que é gerenciada pelo Serviço de Engenharia de Tráfego.

A distribuição geográfica dos semáforos incluirá várias áreas de Montevidéu e a instalação será realizada de acordo com uma ordem de prioridade que inclui várias variáveis: viabilidade técnica, taxa de acidentes do cruzamento, proximidade de escolas ou postos de saúde, existência de zebras na localização e fluxo de pedestres.

Veja também

Por