Após o fim da emergência sanitária, declarada em 2020 pelo Conselho Municipal, Rosário, Argentina, anuncia um ‘Sistema de Transporte Urbano de Passageiros Pós-Pandemia’

A Prefeitura de Rosário, Argentina, anunciou a implementação de um “Sistema de Transporte Urbano de Passageiros Pós-Pandemia”, após o fim da emergência do sistema declarada em 2020 pela Câmara Municipal.

Segundo o governo, essa nova etapa é baseada na evolução dos passageiros e nas solicitações e sugestões feitas por moradores de diferentes bairros; e por isso algumas ações foram planejadas para garantir e continuar com um sistema dinâmico e em sintonia com a demanda dos usuários.

MANIFESTAÇÃO DO PREFEITO

Em 23 de novembro, o prefeito de Rosário, Pablo Javkin, deu detalhes do “sistema pós-pandemia de transporte urbano de passageiros”, que entrará nesta semana na Câmara Municipal, para cumprir os prazos estabelecidos pela portaria de emergência.

“Assumimos com um comunicado, que começava a ser executado quando veio a pandemia, que gerou uma emergência brutal no sistema de transporte. Entendemos que embora a meta de 450 mil não tenha sido cumprida, estamos muito próximos, e que no início do ano letivo (2023) já estaria em condições normais de passageiros, com o que vamos acabar com a emergência nos transportes, ou seja, não vamos renovar o período de emergência”.

Após esclarecer que não é possível voltar à declaração anterior, já que uma das empresas se retirou (El Cacique), e após ver que “a direção tem mais reclamações, queremos começar a apoiar uma política de melhoria que se baseie no que o usuário aproveita do sistema”.

Neste quadro, Javkin destacou que “vamos iniciar uma nova etapa, para a qual levamos em consideração todas as reivindicações que vizinhos, homens e mulheres, vereadores e vereadores de diferentes bairros da cidade fizeram sobre o funcionamento do transporte durante a emergência”.

LINHAS MESCLADAS

Algumas linhas mescladas devido à emergência vão recuperar as rotas anteriores à adaptação; ou seja, retornam aos seus trajetos anteriores, beneficiando a conexão em diferentes bairros e áreas. Outra linha volta a prestar o serviço que tinha antes da pandemia e algumas modificam parcialmente seu itinerário para ampliar a conectividade em diferentes bairros

As mudanças começarão gradativamente a partir de 5 de dezembro de 2022, nas datas previamente indicadas: 26 de dezembro de 2022 e 6 de fevereiro de 2023.

MAIS UNIDADES EM SERVIÇO

A nota da Prefeitura de Rosário explica que visando gerar melhorias no sistema e mais serviços em resposta ao aumento da demanda, 57 novas unidades serão incorporadas ao sistema: a empresa Movi acrescenta 20 novos ônibus à sua frota no restante do ano e no início de 2023, enquanto Rosario Bus incorpora 37 no mesmo período.

Embora hoje a frota operacional seja de 645 viaturas, prevê-se que chegue ao início do ano letivo de 2023 com 690 unidades (menos 10 do que o número que estava em operação antes da pandemia).

Foi informado oficialmente que são todas as unidades que já foram compradas, mas o governo depende dos prazos de entrega e disponibilidade de cada um dos órgãos.

Acrescentou-se que haverá a renovação da Linha K com a conversão de carros a diesel em carros elétricos, a partir de um projeto conjunto entre a Prefeitura de Rosario, por meio da empresa Movi, a Universidade Nacional de Rosario e a empresa Inventu. A proposta busca renovar a frota, dinamizar o transporte com energia renovável e desenvolvimentos locais.

Outras melhorias buscadas

O município garante que trabalha em diferentes ações para gerar melhorias na qualidade do serviço.

  • Melhorias no horário noturno: atualmente, a partir das 19h, a frequência passou a ser reduzida, pois foi mantida como ‘horário noturno’. Isso significa que o horário noturno será implementado a partir das 22h, aumentando o número de carros que circulam hoje entre 19h e 22h. Isso vai gerar melhorias nas frequências dos serviços, ampliando as possibilidades de conexão e reduzindo os tempos de espera durante a noite.
  • Linhas da Costa: a partir de 8 de dezembro começa a operar aos sábados, domingos e feriados, conectando diferentes pontos do litoral rosário.
  • Adiamento do horário de verão: até 23 de dezembro aplicam-se os horários atuais até ao final das aulas, dado o prolongamento do ano letivo em curso.
  • Implantação do Cartão SUBE: até ao final do mês será assinado um acordo com o Governo Nacional para a chegada do cartão; e posteriormente em março de 2023, após um período de 120 dias, o sistema será implantado na cidade.
  • Informação em tempo real: através do Google e outras plataformas, todas as rotas e chegadas dos serviços estarão disponíveis em tempo real a partir de 1º de dezembro. Esses aplicativos complementarão o Quando chegar como parte da informação aos usuários.
  • Novos pontos de recarga Hospital Vilela e Plaza Sarmiento: a partir de 1º de dezembro, dois novos pontos de venda e recarga do Movi Card passarão a funcionar nos dois locais. Hoje, são mais de 600 pontos de recarga habilitados em toda a cidade, incluindo os Postos de Atendimento ao Usuário nas Centrais Municipais e Terminal Rodoviário, os quiosques automáticos e empresas conveniadas

ADEQUAÇÃO

Vale lembrar que após a declaração de emergência do transporte urbano de passageiros pela Portaria 10.099/2020, foi implementada a Adequação do Sistema de Transporte Urbano de Passageiros.

Até agora, esse rearranjo tem sido a ferramenta responsável por garantir a sustentabilidade do transporte urbano e a conectividade em todos os bairros da cidade, seja por meio do uso de um único serviço ou combinando linhas e rotas com transferências gratuitas.

Veja também

Por