No Mês da Mulher, Montevidéu colocou o Ônibus Turístico no centro de ações que promoveram o direito ao turismo e aproximaram propostas recreativas das mulheres com menos possibilidades de acesso a tais atividades

A Intendência de Montevidéu informou que em março, Mês da Mulher, mais de 1.200 mulheres percorreram a capital graças a iniciativas públicas desenvolvidas especificamente para promover o direito ao turismo e aproximar propostas recreativas das mulheres com menos possibilidades de acesso a tais atividades.

No dia 8 de março, o Ônibus Turístico foi gratuito para todas as mulheres, em seus três circuitos: clássico, pelo bairro do Cerro e pela avenida.

Além disso, durante o mês de março, foi disponibilizado um passeio diário gratuito no Ônibus Turístico para instituições, organizações e grupos de apoio à mulher.

Foram recebidos mais de 30 grupos de instituições como mães de centros Caif, movimentos sociais de mulheres e dissidências, redes de idosos, centros cooperativos e de promoção, grupos afro-culturais, grupos de mulheres esportistas, mulheres imigrantes e mulheres indígenas, mulheres da Junta Plano do Ministério da Habitação e Ordenamento do Território, do hospital Vilardebó e do centro juvenil Las Malvinas.

Em reconhecimento ao seu trabalho nestes dois anos de pandemia, foram concedidos passeios gratuitos no Ônibus Turístico à Federação dos Profissionais de Saúde Pública, em que participaram membros do centro hospitalar Pereira Rossell e dos hospitais Maciel e Luis Piñeyro del Campo.

O circuito urbano-rural Mulheres Pioneiras também foi realizado visando valorizar a vida e a trajetória de destacadas mulheres uruguaias. O passeio terminou no Parador Punta Espinillo, onde ocorreu uma feira de negócios dirigida por mulheres rurais da região.

Veja também

Por