Mobilidade sob nova direção

Rengifo, Buitrago e Claudia López

Conforme anunciado, em 17 de janeiro de 2022, a prefeita de Bogotá, Claudia López, empossou o secretário de Mobilidade, Felipe Ramírez Buitrago, e o gerente do TransMilenio, Álvaro Rengifo Campo.

Felipe Ramírez Buitrago. A Prefeitura de Bogotá informa que Ramírez Buitrago, que trabalha como gerente da Transmilenio desde 2020, é engenheiro civil e industrial formado pela Universidade de Los Andes, tem dois mestrados, um em engenharia e gerenciamento de projetos, também de Los Andes Andes, e outro em planejamento urbano e regional pela London School of Economics and Political Science.

Foi diretor de projetos de construção, consultor de transporte e gerente de operações para a América Latina em uma das maiores consultorias especializadas do mundo.

Em 2016 chegou ao TransMilenio e nos primeiros quatro anos foi construindo diversos projetos sendo o responsável técnico do sistema.

No início da gestão de Claudia López, ele se tornou o gerente geral do TransMilenio, onde liderou a transformação do sistema, a renovação da frota para energia limpa e a criação da nova Operadora de Transporte Público de Bogotá.

Álvaro Rengifo Campo. Segundo o governo distrital, Rengifo Campo é especialista em Gestão de Negócios Internacionais pelo ICESI e mestre em Engenharia pela Universidade Javeriana.

Possui dois diplomas, um em Analítica e Grandes Volumes de Dados pelo ICESI e outro em Gerenciamento de Projetos com Abordagem PMI pela Sestra Consulting.

Os últimos dez anos de sua carreira profissional foram dedicados à melhoria do serviço de transporte público dos grandes sistemas do país. No Metro de Cali, ocupou vários cargos, inicialmente como vice-presidente executivo, cargo no qual dirigiu a estruturação para a implantação do primeiro sistema de coleta aberta, para um sistema integrado de transporte coletivo na Colômbia.

Posteriormente, foi vice-presidente de operações e infraestrutura, diretor de planejamento e chefe do escritório de avaliação de operações.

Em 2020, ingressou no TransMilenio como vice-gerente econômico, em fevereiro de 2021 tornou-se vice-gerente geral do sistema, de onde modelou o fornecimento da frota, articulou o processo de recuperação de estações após os danos causados ​​pela greve nacional e projetou a estratégia anti-evasão.

MOBILIDADE COMPARTILHADA

Em comunicado por ocasião do ato de posse do secretario de Mobilidade e do gerente do TransMilenio, a prefeita Claudia López destacou a importância da mobilidade compartilhada, lembrando que essa atitude “exige a organização de familiares, amigos, colegas de escritório ou de estudo para que todos possamos ter melhor mobilidade, com menos carros nas ruas da cidade e velocidades mais rápidas.”

O presidente continuou: “Todos nós temos que mudar nossos hábitos de vida, se não mudarmos a forma como nos movemos, queimando menos gasolina, queimando menos diesel, ficaremos sem cidade, sem planeta e até sem poder nos mover.”

TRANSPORTE PÚBLICO

Em relação ao transporte público, a mandatária confirmou que serão realizadas ações relacionadas à melhoria da segurança no Sistema Integrado de Transporte Público, para as quais terão que ser disponibilizados recursos institucionais da Secretaria da Mobilidade, TransMilenio e Polícia Metropolitana.

Será também promovida a utilização do aplicativo oficial TransmiApp e se incrementará a personalização do cartão TuLLave, o que também exigirá a disponibilização de mais pontos de carregamento.

Sobre o Plano de Mobilidade da cidade, a prefeita lembrou que haverá um Sistema Público de Bicicletas que, aliado à mobilidade compartilhada, ajudará a melhorar o trânsito da cidade. Este ano estão sendo abertas 500 frentes de trabalho na capital, entre as quais se destacam a construção da primeira linha do Metrô e o Sétimo Corredor Verde

Felipe Ramírez Buitrago e Álvaro Rengifo Campo

Veja também

Por