Somente em agosto estarão concluídos os trabalhos na Subestação de Alta Tensão ‘Buen Tono’, que atende as Linhas 1, 2 e 3 do Metrô da Cidade do México

O Governo da Cidade do México estima que somente em agosto de 2022 serão concluídos os trabalhos na Subestação de Alta Tensão Buen Tono, localizada no Posto Central de Controle 1 (PCC1) do sistema metroviário da Cidade do México, que sofreu um incêndio na manhã de 9 de janeiro de 2021, destruindo parte de suas instalações e deixando uma pessoa morta e 32 intoxicadas.

Na terça-feira, 12 de janeiro de 2021, as Linhas 4, 5 e 6 do Metrô da Cidade do México voltaram a operar, mas as Linhas 1, 2 e 3 permaneceram paralisadas por mais algum tempo e ainda não estão operando em condições ideais.

 “MODERNIZAÇÃO INTEGRAL”

Há algumas semanas, a chefe de governo, Claudia Sheinbaum Pardo, disse acreditar que os trabalhos na subestação poderiam ser concluídos até março de 2022.

Contudo, antes das festas de fim de ano, em entrevista coletiva, a prefeita confirmou agosto como o novo prazo e salientou que a modernização da subestação representa a “modernização integral” do fornecimento, transmissão e distribuição de energia para as Linhas 1, 2 e 3 do Metrô.

Ela disse: “Em que consiste este projeto? Consiste em elevar a tensão do fornecimento de eletricidade ao Metrô, é uma tensão mais alta, que permite maior eficiência; e, ao mesmo tempo, substituir todos os transformadores que fornecem energia às Linhas 1, 2 e 3; e, em seu primeiro estágio, as subestações da Linha 1. É um projeto de grande alcance que dará vida ao Metrô, particularmente às primeiras linhas, por pelo menos mais 50 anos”.

Claudia Sheinbaum Pardo assinalou que a administração da capital também está contemplando a modernização integral da Linha 1 do Metrô; a restauração da Linha 12 do Metrô e sua extensão a oeste, bem como a renovação da Linha A, projetos equivalentes à construção de duas novas linhas de Metrô, e que são possíveis graças à colaboração da Comissão Federal de Eletricidade (CFE).

É importante lembrar que a Linha 12 do Metrô da Cidade do México está paralisada desde 3 de maio de 2021, quando um trecho elevado desmoronou, deixando 26 mortos e 98 feridos, além de afetar diretamente a mobilidade de centenas de milhares de pessoas no leste da Cidade do México e cidades próximas. Neste caso, duas investigações técnicas sobre o incidente já foram concluídas e a Justiça já foi acionada.

Veja também

Por