Cablebús ganhará duas linhas em julho

O governo da Cidade do México anunciou que em 11 de julho de 2021 será inaugurada a Linha 1 do Cablebús – Indios Verdes-Cuautepec, Município de Gustavo A. Madero, e em 24 de julho a Linha 2 Constituição de 1917 – Santa Marta, Município de Iztapalapa.

O comunicado divulgado no final de junho informava que as obras estavam 99 e 98 por cento concluídas, respectivamente, e que as últimas obras e testes seriam concluídos nos primeiros dias de julho.

LINHA 1

Segundo a Secretária de Obras e Serviços (SOBSE), a Linha 1 do Cablebús Indios Verdes-Cuautepec (Gustavo A. Madero) foi realizada com um investimento de 2,925 bilhões de pesos (US $ 147,44 milhões).

Esta obra consiste em 52 mil metros quadrados de superfície construída, 9,2 quilômetros de extensão, seis estações, 62 torres, 377 cabines com capacidade para 10 pessoas, e terá conexão com a Linha 3 do Metrô e a Linha 1 do Metrobús. O tempo de viagem será de 33 minutos.

No final de junho, estavam concluídas a estação de Cablebús Indios Verdes e as passarelas de conexão com o Centro Modal de Transferência Indios Verdes (CETRAM).

A Estação Ticomán estava 99% concluída. A estação La Pastora tinha 97% de avanço nas obras. E estavam concluídas as estações de Campos Revolución, Cuautepec e Tlalpexco, das quais as duas últimas já estão em operação.

PRIMEIRO TRECHO E TESTES

Em 4 de março de 2021 foi inaugurado o trecho Campos Revolución a Tlalpexco. Agora, faltam apenas acabamentos em algumas estações para o início da operação do sistema completo, que será em 11 de julho.  

No dia 30 de maio, todas as cabines do sistema já estavam em movimento e iniciou-se a etapa de testes e certificação, que durou até o dia 20 de junho.

Foram instalados um sistema de motores, um conjunto de frenagem de emergência e de cabos e houve testes de segurança em situações extremas.

Também foram cumpridas as 100 horas de funcionamento contínuo que são solicitadas no último teste de certificação assinalado pelo Regulamento Europeu de Teleféricos – o procedimento de certificação adotado pela empresa certificadora TÜV SÜD Industrie Service GmbH.

CAMINHO COM SEGURANÇA

A Secretaria Informou que são 5,5 quilômetros do percurso de segurança denominado em espanhol Senderos Camina Libre, Camina Segura, com intervenção em 148,5 mil metros quadrados de superfície para recuperação de espaços públicos, pintura de murais e cerca de 450 mil metros quadrados de pintura em superfícies de fachadas de casas, além de iluminação, recomposição da vegetação e reabilitação de calçadas ou guarnições. Além disso, o sistema terá dois Pontos de Inovação, Liberdade, Arte, Educação e Conhecimento (PILARES).

Os Senderos Camina Libre Camina Segura fazem parte de uma estratégia de segurança imediata para a prevenção da violência nas ruas e morros. O seu desenho compreende a implantação de percursos livres e seguros, utilizando elementos que possibilitam reduzir a violência, como a iluminação e a recuperação do espaço público, com uma perspectiva de gênero e de cunho universal integrado a uma imagem urbana homogênea.

No dia 24 de julho será inaugurada a Linha 2 Constituição de 1917 – Santa Marta (Iztapalapa)

Em relação à Linha 2 Constituição da de 1917 – Santa Marta (Iztapalapa), a Secretaria de Obras e Serviços explicou que foram investidos 3.18 bilhões de pesos (US $ 159,13 milhões).  A obra consiste de 18.270 metros quadrados de construção; 10,6 quilômetros de linha, sete estações e 305 cabines com capacidade para 10 pessoas cada. O tempo de viagem será de 40 minutos.

No final de junho de 2021, a estação Cablebús Constitución 1917 foi concluída.

A Estação Quetzalcóatl estava 99% concluída e o Mercado de Desenvolvimento Urbano Quetzalcóatl, que tem 150 lojas, já havia sido entregue aos lojistas.

A Estação Las Torres Buenavista estava 99% concluída. A Estação Xalpa registrava 95% de progresso.

Já foi concluída a Estação Lomas de la Estancia – onde ficam as cabines e tem um PILARES.

A estação San Miguel Teotongo estava 99% concluída. A Estação Santa Marta já foi concluída.

TRABALHOS DE MELHORIA

De acordo com a Secretaria, foram realizadas várias obras de melhoria do espaço urbano: intervenção de 12,8 quilômetros em 24 vias para sete Senderos Seguros com melhoria da iluminação pública, balizagem e intervenção de áreas verdes, instalação de câmeras de videovigilância, construção do Mercado Quetzalcóatl e de um PILARES, que conta com 40 equipamentos de informática. Da mesma forma, foram aplicadas pinturas em 495 mil metros quadrados de fachadas de residências da região.

No dia 30 de maio de 2021, todas as cabines foram postas em movimento. De 15 de maio a 15 de junho, foram realizados testes e certificações. O início de operação do sistema completo será no dia 24 de julho. Também serão cumpridas 100 horas de operação e haverá revisão das instalações. A empresa certificadora é a TÜV Rheinland.

Veja também

Por