O governo da Costa Rica informou que os estudos de pré e viabilidade para a reconstrução da ferrovia do Pacífico foram outorgados ao consórcio sul-coreano Consorcio Dongil-KNR-Soosung

O Ministério do Planejamento Nacional e Política Econômica da Costa Rica, com base em nota do Instituto Costarricense de Ferrocarriles (Incofer) informou na primeira semana de março de 2021 que os estudos de pré e viabilidade para a reconstrução da ferrovia do Pacífico foram outorgados para Consorcio Dong Il Engineering Consultants, Korea National Railway y Soosung  Engineering  (Consorcio Dongil-KNR-Soosung).

Esta contratação é efetuada através do Fundo de Pré-Investimento Mideplan, conforme anunciado pelo Incofer em novembro de 2019. Naquela ocasião, foi reportado o aporte destes recursos não reembolsáveis, no montante de 540.000 dólares, os quais serão alocados – entre outros – em estudos de pré e viabilidade, análise de mercado e risco, avaliação financeira, projeto e orçamento, eventual terceirização da operação e manutenção do serviço ferroviário e proposta dos cartazes para execução das obras e aquisição de terrenos e equipamentos para restauração de serviço.

A Reativação da Ferrovia para o Pacífico é um dos principais projetos do Incofer enquadrado no Plano Estratégico Institucional 2019-2023, juntamente com o Trem Elétrico de Passageiros GAM e o Trem Elétrico de Carga Limonense, com os quais o instituto reativa sua operação em 6 das 7 províncias do território nacional. La formalização desta outorga ocorrerá quando o consórcio sul-coreano depositar a garantia de conformidade e o ato de iniciação for assinado. O prazo desta consultoria é de 11 meses

Veja também

Por