Pesquisa para definir uma estratégia de estímulo à bicicleta no Brasil

Uma pesquisa pública já em andamento deverá  ajudar na definição da Estratégia Nacional de Promoção da Mobilidade por Bicicleta do Brasil e de uma agenda de ações até 2030 para estimular o uso da bicicleta no país.

A pesquisa está no ar e pode ser respondida por meio de link ao final desta página a Pesquisa Pública para Estratégia Nacional da Bicicleta, cujo objetivo é compreender as diferentes percepções da população a respeito do uso da bicicleta como modo de transporte nas cidades do país.

O tempo estimado para responder o questionário é de 10 minutos. O documento é destinado a toda a população brasileira com idade superior a 15 anos. Para responder às perguntas, solicita-se que o respondente considere sempre a sua cidade e a sua rotina atual.

ESTRATÉGIA PARA 2030

O documento sobre a Pesquisa Pública para Estratégia Nacional da Bicicleta explica que os resultados da pesquisa vão contribuir para a elaboração da Estratégia Nacional de Promoção da Mobilidade por Bicicleta, uma agenda de ações até 2030 para estimular o uso da bicicleta no país.

A Estratégia da Bicicleta e esta pesquisa estão sendo desenvolvidas em decorrência de um a Acordo de Cooperação Técnica firmado com o Ministério do Desenvolvimento Regional para subsidiar a implantação do Programa Bicicleta Brasil (Lei Federal 13.724, de 2018).

As entidades que firmaram o Acordo de Cooperação Técnica são: Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo); Associação Brasileira da Indústria, Comércio, Importação e Exportação de Bicicletas, Peças e Acessórios (Abradibi); Associação Brasileira do Setor de Bicicletas (Aliança Bike); Confederação Nacional de Municípios (CNM); Frente Nacional de Prefeitos (FNP); Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR); TemBici; União de Ciclistas do Brasil (UCB) e WRI Brasil.

Acesse o questionário da pesquisa

Veja também

Por