Estação intermodal ao norte de Santiago

O governo chileno informa que concluiu em novembro a construção da nova Estação Intermodal Los Libertadores, que já está em operação.

A estação possui 24 vagas de estacionamento para ônibus urbanos, interurbanos e rurais, e permitirá a conexão direta com a Linha 3 do Metrô.

A infraestrutura atenderá principalmente as comunas de Quilicura, Conchalí, Colina, Tiltil, Lampa e Huechuraba.

IMPORTÂNCIA

Esta nova estação vai permitir a integração dos ônibus, que trafegam em superfície, com a Linha 3 do Metro, facilitando a ligação aos usuários das comunas da zona norte da Região Metropolitana

Dos passageiros da estação Los Libertadores da Linha 3 do Metrô, 50% chegam através dos transportes públicos de superfície. Por isso, o governo considera importante avançar na intermodalidade, a fim de facilitar a conexão dos passageiros entre os diferentes modos de transporte.

Atualmente, 21 rotas do sistema chegam ao entorno do novo terminal, das quais 11 terão acesso ao local.

O governo ainda entende que o metrô é o principal protagonista do transporte integrado de Santiago. A entrada em operação de um novo intermodal é, portanto, considerada um passo muito importante.

A estação tem uma área total de 2,8 hectares (28 mil metros quadrados), com um design moderno e instalações amplas e confortáveis.

Outro ponto a destacar é que a estação permite unificar os diferentes serviços de transporte, agrupados no sistema RED.

NOVOS SERVIÇOS EM 2021

A colocação do terminal em operação obedece a uma escala. Em 28 de novembro de 2020, começaram os serviços da área urbana, enquanto no primeiro trimestre de 2021 serão incorporados os serviços de ônibus rurais e interurbanos, que cobrirão principalmente áreas da zona norte de Santiago.

A construção da Estação Intermodal Los Libertadores começou em junho de 2018 e envolveu a contratação de 2.600 trabalhadores nas diferentes obras.

Veja também

Por