Jalisco aperta o botão de emergência

O governo do Estado de Jalisco, México, que tem Guadalajara como capital, determinou o início em 30 de outubro de 2020, com permanência até 13 de novembro de 2020, da realização de uma ação denominada Botão de Emergência, descrita como “uma estratégia desenhada pelas autoridades os serviços de saúde estaduais para mitigar ou reduzir o índice de casos positivos de Covid-19 e consiste na suspensão das atividades que representam o maior risco de contágio para a população por 14 dias.” Os serviços de transporte público serão afetados por esta regra temporária.

A decisão foi tomada porque o sistema hospitalar estava saturado e cresceu a taxa de incidência semanal de casos.

O comunicado à população, em formato de documento com perguntas e respostas (que pode ser conferido no link ao final deste artigo) indica que o Botão de Emergência não é uma paralisação total e, sim, um fechamento parcial das atividades e voltas não essenciais. “É o prazo de 14 dias que vai servir para dar um descanso ao pessoal médico de Jalisco, que não parou desde o início da pandemia para salvar todas as vidas possíveis, e vamos pagar pelo distanciamento social”.

Os objetivos estritos da ação são os seguintes: Reduzir o tempo de exposição das pessoas em ambientes de risco;

Reduzir a interação de pessoas com grupos fora do trabalho; Reduzir a interação de possíveis positivos com outras pessoas; Reduzir a mobilidade das pessoas; Proteja as pessoas suscetíveis por períodos que diminuem o risco de contrair o vírus. Com isso, reduza a transmissão de casos e, assim, reduza a velocidade de contágio.

Mantenha os níveis de hospitalização baixos.

OS PRAZOS

Esta medida estará em vigor em todo o Estado de Jalisco a partir de sexta-feira, 30 de outubro, e até sexta-feira, 13 de novembro.

A partir daí haverá uma paralisação total das atividades de segunda a sexta-feira das 19h até as 5h59 da manhã do dia seguinte.

Durante dois finais de semana haverá paralisação das atividades a partir das 6h de sábado e até as 5h59 da segunda-feira seguinte.

Os finais de semana que terão paralisação das atividades são: de sábado, 31 de outubro, a partir das 6h, até a segunda-feira, 2 de novembro às 5h59; e de sábado, 7 de novembro, das 6h, até a segunda-feira, 9 de novembro, às 5h59.

Determinações sobre a exploração do transporte público urbano

As determinações sobre o sistema de transporte público estão listadas abaixo.

NOITE

O serviço de transporte público (unidades do sistema Mi Transporte) deve ser suspenso de segunda a domingo a partir das 21h59, com reinício às 5h30 do dia seguinte.

A partir das 21h59, as unidades só poderão circular para desembarque dos passageiros até o término da viagem e chegada aos pátios de bloqueio ou pernoite.

FIM DE SEMANA

A partir de domingo às 6 horas e reiniciando às 6 horas de segunda-feira, a sua circulação será limitada. Somente poderão ser atendidos os seguintes grupos de usuários: pessoal de serviços funerários e médicos públicos; e pessoal de segurança pública e proteção civil.

EMPRESAS DE REDE OU PLATAFORMA

Os serviços das Empresas de Redes de Transporte ou plataformas podem aceitar viagens até as 20h59, o que implica que poderão operar até ao final da referida viagem.

TÁXIS CONVENCIONAIS

O serviço de táxi convencional (amarelo) pode operar normalmente 24 horas por dia, durante a semana, observando as condições de
limpeza e higiene recomendadas.

Além disso, na Área Metropolitana de Guadalajara haverá taxas de solidariedade durante a suspensão das atividades noturnas e nos dias de semana, com ocupação máxima de três passageiros e em viagens sem
escalas.

Veja o comunicado Botón de Emergencia

Veja também

Por