União Internacional de Transportes Públicos (UITP) discutirá retomada do setor metroferroviário na América Latina, após a pandemia. Veja entrevista com a arquiteta e urbanista Valeska Peres Pinto

A União Internacional de Transportes Públicos (UITP) – Divisão América Latina participará da 26ª Semana de Tecnologia Metroferroviária, promovida pela Associação de Engenheiros e Arquitetos de Metrô, do Brasil, e programada para o período de 1º a 4 de setembro de 2020.

O encontro, que conta com o apoio deste portal Mobilitas/OTM Editora, será realizado virtualmente, com inscrições gratuitas por meio de link ao final desta matéria e certificado aos participantes.

A arquiteta e urbanista Valeska Peres Pinto, coordenadora do Programa Melhores Práticas da Divisão informa que a sessão da UITP acontecerá na manhã de 3 de setembro de 2020 (quinta-feira), a partir das 8h30 horas – hora de São Paulo – e discutirá a retomada do setor metroferroviário na América Latina. A seguir ela responde a alguma perguntas sobre os objetivos da sessão.

Mobilitas – O que exatamente discutirá a sessão da UITP América Latina?

Valeska Peres Pinto – A sessão terá como foco o cenário pós-pandemia e o papel da comunicação no processo de retomada nos sistemas metroferroviários no Brasil e em outros países da América Latina. Nós definimos uma sessão que terá por base três apresentações, que, grosso modo, partirão de uma visão geral da situação latino-americana e se aproximará do tema central, que é a comunicação.

Mobilitas – Como será a sequência de apresentações?

Valeska Peres Pinto – Inicialmente, a arquiteta e urbanista Eleonora Pazos, diretora do Escritório da UITP América Latina, descreverá, em linhas gerais, o impacto da pandemia nos sistemas de transporte público urbanos na América Latina. Esse relato nos atualizará sobre as principais consequências desses primeiros seis meses de pandemia e servirá como um pano de fundo para as apresentações subsequentes. 

Mobilitas – Como será a segunda apresentação?

Valeska Peres Pinto – Essa parte estará sob minha responsabilidade. Tratarei das peculiaridades da recuperação dos sistemas no setor metroferroviário. Destacarei o fato de os sistemas sobre trilhos, por sua rigidez, necessitarem de uma estratégia de recuperação diferente dos demais modos de transporte como ônibus, táxis, transporte por aplicativos e bicicletas, que se caracterizam justamente pela flexibilidade. Tudo isto, sem abandonar a busca de melhoria da experiência de integração multimodal com os demais atores da mobilidade urbana.

Mobilitas – E como isso deverá ser feito?

Valeska Peres Pinto – Em poucas palavras, podemos dizer que o setor metroferroviário precisará valorizar suas qualidades positivas e principalmente seu papel como modo de transporte estruturador e indutor de centralidades urbanas, visto que suas estações além de promover polos urbanos de prestação de serviços podem atrair negócios associados que poderão gerar receitas extra tarifárias, que serão necessárias para o reequilíbrio financeiro do setor.

Mobilitas – O que trará a terceira exposição?

Valeska Peres Pinto – A última exposição, a cargo do especialista em comunicação e marketing Rodrigo Magalhães, apresentará os principais quesitos a serem considerados na estratégia de comunicação social do setor metroferroviário no próximo período. Segundo ele, o setor terá de reforçar a confiança das pessoas de que o ambiente metroferroviário é sadio e seguro, e promover a valorização deste modal como um meio de transporte confortável, eficiente e ambientalmente amigável.

Mobilitas – Haverá espaço para debates?

Valeska Peres Pinto – Sim. Nossa participação será ao vivo e estará à disposição o chat para questões. Procuraremos fazer com que haja espaço para perguntas e comentários e prometemos responder via e-mail aqueles que não tiverem obtido uma resposta durante a sessão.

Mobilitas – Para acompanhar a sessão da UITP América Latina basta estar inscrito para a 26ª Semana de Tecnologia Metroferroviária.

Valeska Peres Pinto – Exatamente. A inscrição é rápida e gratuita. Convidamos a todos para que participem. Alerto que todos os horários da programação se referem ao fuso horário da cidade de São Paulo.

Inscreva-se gratuitamente na 26ª Semana de Tecnologia Metroferroviária

Clique aqui para acessar o hot site do evento

Veja também

Por