Nova linha do Metrobús

Na terceira semana de junho, como parte da comemoração do 15º aniversário do sistema de ônibus Metrobús, o governo da Cidade do México anunciou que haverá uma nova linha Metrobús que funcionará no Circuito Interior e conectará 10 bairros.

Instalado há quase 60 anos e reformado há uma década, o Circuito Interior é um anel rodoviário que liga 20 bairros, corta nove avenidas principais e vários eixos viários.

Segundo o governo, o projeto executivo será realizado em 2020 e será elaborado em conjunto com as concessionárias do Circuito Interior. O projeto permitirá a interconexão em mais de 50 pontos com outras linhas do Metrobús e também do Metro e Trolebús.

CARACTERISTICAS

A Secretaria de Mobilidade da Cidade do México informou que, nos últimos 15 anos, o Metrobús contribuiu para reduzir o uso de carros e os tempos de viagem, evitar congestionamentos nas principais avenidas da capital e melhorar a mobilidade dos cidadãos.

O novo corredor Metrobús no Circuito Interior conectará 10 bairros: Benito Juárez, Cuauhtémoc, Coyoacán, Iztapalapa, Iztacalco, Venustiano Carranza, Gustavo A. Madero, Miguel Hidalgo, Azcapotzalco e Álvaro Obregón.

A nova linha terá um investimento estimado em 2.160 milhões de pesos (USD 93,71 milhões), projetada para atender a uma demanda de 258 mil passageiros diários, com uma extensão de 46,1 quilômetros, 73 estações e três terminais.

Atualmente, o projeto conceitual e os estudos preliminares estão em andamento para desenvolver posteriormente o projeto executivo, que estará pronto no final de 2020. A construção está prevista para começar no primeiro trimestre de 2021.

A administração do Metrobús indicou que, para a operação dessa nova rota, eles trabalharão com as empresas operadoras que atualmente prestam o serviço e será um corredor com estações ao nível da rua e ônibus de entrada, ou seja, um modelo semelhante à Linha 4 e Linha 7, com um sistema de validação dentro da unidade.

ÔNIBUS ELÉTRICO ARTICULADO

O Governo da Cidade do México quer que a Linha 3 se torne uma Linha de Emissão Zero e o objetivo é passar a ser operado principalmente por ônibus elétricos.

Em agosto de 2020, chegará o primeiro ônibus elétrico de 10 unidades que prestará serviços na expansão da Linha 3 da Metrobus, que vai de Tenayuca à Etiópia, e em breve ao Eixo 8 Popocatépetl. A unidade elétrica é da marca Yutong, mede 18 metros, tem capacidade para 160 passageiros, uma bateria de 564 quilowatts / hora e oferece 330 quilômetros de autonomia.

METROBUS, ÍCONE DE MOBILIDADE

 A administração do Metrobús informou que, para celebrar 15 anos de serviço, iniciou a campanha Minha Cidade, Meu Metrobús, que destaca esse sistema como um ícone de mobilidade na capital do país e o posiciona como o segundo sistema de transporte mais utilizado em a cidade do México.

A administração também faz um reconhecimento especial ao trabalho dos funcionários e colaboradores que diariamente atuam no sistema.

Segundo informações da administração, para melhorar o serviço Metrobús, foram feitos investimentos de mais de 3,5 bilhões de pesos (USD 152 mil) em projetos desenvolvidos entre 2019 e 2020, como: obras para pátios de manobras, reabilitação de várias estações com maior afluxo de pessoas, bem como o trabalho de expansão nas linhas 3, 4 e 5.

Veja também

Por