Biometria facial em tempos de pandemia

Solução desenvolvida pela Empresa 1, do Brasil, passa a fazer a identificação dos passageiros mesmo com uso de máscaras

Atenta às mudanças impostas pela pandemia do Covid-19, a companhia brasileira Empresa 1 tem investido intensamente na melhoria da solução de biometria facial denominada Sigom Vision.

Até o final de maio de 2020, a companhia colocará em operação uma atualização da ferramenta com novos parâmetros para identificação da face do passageiro, mesmo com o uso de máscara.

Agora, por meio de mecanismos de inteligência artificial, o Sigom Vision passará a reconhecer o usuário mesmo que ele esteja utilizando as máscaras de proteção, que têm sido exigidas na maioria das cidades brasileiras atualmente. A atualização trará para as operações ainda mais inteligência para os processos operacionais no acompanhamento e combate às fraudes tarifárias. MÁRCIA PINNA RASPANTI

Veja também

Por