Bicicletas na luta contra o coronavírus

O Fórum Econômico Mundial, com sede na Suíça, destaca duas cidades da América Latina – Bogotá, capital da Colômbia e Cidade do México – entre as cinco cidades do mundo que melhor promovem o uso de bicicletas para enfrentar os problemas causados ​​pela pandemia da Covid-19. As outras três cidades são Vancouver, Canadá; Berlim, Alemanha e Budapeste, Hungria.

Essas cinco cidades estão transformando ruas e avenidas em ciclovias devido ao coronavírus.

Bogotá, capital da Colômbia, transformou 100 km de ruas da cidade em ciclovias para evitar a superlotação nos transportes públicos, melhorar a qualidade do ar e impedir a propagação do coronavírus.

Por sua vez, a Cidade do México deseja quadruplicar temporariamente sua rede existente de ciclovias. Como Bogotá, uma razão é reduzir a multidão no transporte público.

EM BOGOTÁ, UMA RESPOSTA

A o governo da cidade de Bogotá relata que desde o início da implementação de medidas preventivas e do isolamento de quarentena, a ciclovia tornou-se uma das principais respostas ao problema da aglomeração no transporte público.

A idéia foi implementada por dois órgãos governamentais na capital colombiana: a Secretaria da Mobilidade e o Instituto de Recreação e Esportes (IDRD).

“A ciclovia temporária em Bogotá hoje tem 35 km de extensão e será ampliada em breve e será permanente”, disse o secretário de Mobilidade, Nicolás Estupiñán, junto com a diretora do IDRD, Blanca Durán.

NA CIDADE DO MÉXICO

Na Cidade do México, a idéia emergencial surgiu de uma proposta da organização intitulada, em espanhol, Alcaldía de la Bicicleta de la Ciudad de México, cuja sigla é ABCDMX. Esse nome significa, em tradução livre, Prefeitura da Bicicleta da Cidade do México.

Essa organização se define da seguinte forma: “Somos uma equipe jovem e multidisciplinar que desenvolve atividades, projetos e processos de participação pública para promover o uso da bicicleta como um meio seguro, saudável e sustentável de transporte urbano”. O projeto concebido pela Alcaldía de la Bicicleta, que mostra exemplos de outros países, incluindo Bogotá, pode ser visto aqui.

Veja também

Por