Aberto até 15 de janeiro de 2020 o convite para apresentação de manifestações de interesse para operação do Metro de Quito

A Empresa Pública Metropolitana Metro de Quito abre o convite a entidades públicas ou privadas de operadoras de sistemas de metrô similares para manifestar interesse em participar do processo de seleção e contratação subsequente dos serviços de operação, manutenção e transferência tecnológica da Primeira Linha do Metro de Quito. A data máxima de recebimento das manifestações de interesse será 15 de janeiro de 2020.

O escopo do serviço a ser contratado corresponde a todas as atividades necessárias para o início de funcionamento (testes operacionais, treinamento de recursos humanos, habilitação de sistemas operacionais complementares), a operação em si, a manutenção adequada da infraestrutura, o material circulante, o equipamento auxiliar e todos os sistemas complementares para a operação.

A empresa operadora selecionada terá um período de três anos e meio, nos quais serão garantidos o treinamento, a formação tecnológica necessária à equipe técnica local que poderá assumir o cargo de todos os processos envolvidos na operação bem-sucedida do Metro de Quito.

A primeira linha do Metro de Quito é considerada o mais importante projeto de infraestrutura e transporte de massa do Equador. Constitui o eixo estruturador do transporte público da cidade porque está operacionalmente articulado com os demais eixos metropolitanos de transporte público de superfície.

PARA CONQUISTAR OS VIZINHOS

Numa estratégia para conquistar a vizinhança, para que pudesse conhecer e se adaptar ao sistema de metrô da capital equatoriana, no período de 28 de novembro a 4 de dezembro de 2019, o Metro de Quito abriu suas portas como parte das oficinas de socialização Viva Quito en el Metro (Viva Quito no Metro) no âmbito das festividades da cidade.

Na estação La Magdalena, onde começou a primeira das dez oficinas, mais de 300 vizinhos de bairros circundantes chegaram para visitar a estação. Por meio de atividades lúdicas, visitas guiadas e apresentações, os cidadãos aprenderam sobre os princípios da cultura cidadã e os benefícios que a obra representa para a capital. As oficinas continuaram de acordo com o seguinte cronograma: 29 de novembro, Estação San Francisco e Estação El Labrador; 2 de dezembro, Estação La Carolina e Estação Alameda; 3 de dezembro, Estação Morán Valverde e Estação Universidad Central; 4 de dezembro, Estação El Ejido e Estação Iñaquito.

Veja também

Por