Mais mulheres nas bicicletas

Até o dia 7 de junho, ao meio-dia, estarão abertas as chamadas para o Primeiro Congresso Internacional 50/50 Mais Mulheres de Bicicleta, que acontecerá em Bogotá, Colômbia, de 23 a 26 de setembro de 2019.

Segundo o Departamento Distrital de Mobilidade da Prefeitura de Bogotá, a iniciativa busca gerar um espaço de discussão e troca de experiências e conhecimentos em que se reafirme a necessidade das cidades adotarem políticas públicas voltadas para a segurança das mulheres ao se deslocarem de bicicleta pela cidade.

A iniciativa é realizada com o objetivo de incentivar mais mulheres a usar a bicicleta, já que das 800 mil viagens de bicicleta que são registradas diariamente em Bogotá, apenas 22% são feitas por essa parcela da população. Segundo a Pesquisa Bienal de Culturas 2017, 32,4% das mulheres deslocam-se pelo TransMilenio; 9,3% de carro, 15,4% a pé, e apenas 3,4% de bicicleta.

ESPAÇO PARTICIPATIVO

A fim de tornar o congresso um espaço participativo, o Departamento Distrital de Mobilidade abriu chamadas nas categorias de projetos e lideranças, que permitirão o intercâmbio de teses acadêmicas, pesquisas, iniciativas, estratégias e campanhas e ações afins para que sejamdivulgadas em dois dos espaços mais importantes do Congresso: a Galeria de Projetos e a apresentação, diante do público, de experiências sobre a promoção e uso equitativo da bicicleta pelas mulheres.

OBJETIVOS DO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

O governo de Bogotá salienta que a iniciativa está em plena sintonia com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), especialmente a ODS 5 – Igualdade de Gênero e o ODS 11 – Cidades e comunidades sustentáveis ​​para lograr cidades inclusivas, equitativas e sustentáveiscomo ponto de encontro e de participação das mulheres no uso de bicicletas e no gozo efetivo de seus direitos.

Veja como participar (em espanhol)

Veja também

Por