Em 1º de abril, 100 novos ônibus elétricos para Santiago

O governo nacional do Chile anunciou a entrada em circulação de 100 novos ônibus elétricos em 1º de abril de 2019, o que beneficiará os moradores de dez municípios da capital do país. Com sua incorporação, a frota elétrica será duplicada, tornando Santiago a segunda cidade com mais ônibus desse tipo depois da China.

Desde a estréia dos primeiros ônibus de alto padrão, em dezembro de 2018, 10 milhões de viagens em ônibus elétricos foram concluídas. Os novos 100 ônibus elétricos que serão levados às ruas na próxima segunda-feira pertencem a três rotas.

Os veículos que entrarão em operação foram fabricados na China e possuem acessórios como conexão à Internet, portas USB, ar condicionado, além de garantir acessibilidade universal para pessoas com mobilidade reduzida, além de assentos mais confortáveis ​​e tecnologia para segurança dos passageiros. Eles têm câmeras de monitoramento interno.

‘RED’, A NOVA IDENTIDADE DO TRANSPORTE PÚBLICO

Em 12 de março, 2019, o presidente da República do Chile, Sebastián Piñera, e a ministra dos Transportes e Telecomunicações, Gloria Hutt, apresentaram ‘RED’, a nova identidade do transporte público metropolitano, que gradualmente irá designar os sistemas das principais cidades do país.

Segundo o governo, a modificação abrange a incorporação dos 200 novos ônibus elétricos e 490 ônibus ecológicos em Santiago, além da inauguração da Linha 3 do Metrô. Também está relacionado à compra de novos trens na Biotren de Concepción e à renovação dos ônibus – muitos deles elétricos – que ocorrerão nas principais cidades do país.

O novo nome gradualmente deixará para trás a marca Transantiago, à medida que novos ônibus forem sendo adicionados, juntamente com as próximas licitações do sistema de transporte público.

A identidade RED abrange também a ampliação do Metrô de Santiago, com a construção de futuras linhas 7,8 e 9 e as extensões das linhas de 2,3, 4 e 6, também projeta a construção de trens metropolitanos como o de Melipilla e Batuco e o reforço de sistemas como o Biotren de Concepción.

EM 2022, 80% DOS ÔNIBUS AMIGÁVEIS AO MEIO AMBIENTE

O governo anunciou que o processo de transformação do transporte público da capital terá, até o ano 2022, 80% dos novos ônibus, equipados com tecnologias ambientalmente corretas e alto padrão de qualidade.

Em 28 de março, 2019, quando foi inaugurada uma nova terminal de abastecimento elétrico, o presidente da República informou que, em 2022, 5.300 dos 6.600 ônibus de Santiago serão novos, com ar condicionado, wi-fi, assentos mais confortáveis ​​e alto padrão.

Veja também

Por