Buenos Aires pedestre

A Cidade de Buenos Aires iniciou em 15 de janeiro de 2019 as sanções a quem infringir as regras no setor dos Tribunais, nova área de pedestres do centro da cidade.

Em sua primeira etapa, as áreas de pedestres com restrições ao trânsito de veículos na Cidade de Buenos Aires alcançavam o Microcentro, Retiro e o Distrito Histórico. Desde então, a redução de veículos nessas duas últimas áreas chegou a 50%.

A partir de 15 de novembro de 2018, foi adicionada a área dos Tribunais, com restrições ao tráfego de veículos em dias úteis, das 11 às 16 horas. A partir de 15 de janeiro de 2019, se iniciaram as sanções dos veículos que infringem a restrição na área dos Tribunais. Os residentes nesse setor obtêm autorizações de acesso gratuitamente.

A área de restrição à circulação de veículos – que correspondia às 86 quadras do Microcentro e às 127 quadras de Retiro e do Distrito Histórico – foi ampliada para 259 quadras a partir de 15 de janeiro com a incorporação da área dos Tribunais.

MENOS VEÍCULOS

Desde que o Retiro e o Distrito Histórico se tornaram área de pedestres, o acesso de carros a esses dos setores da cidade diminuiu 50% em dias úteis das 11h às 16h, passando de 8.300 para 4.182 veículos em média. Em 15 de janeiro de 2019, após um período de conscientização que durou dois meses, começou a aplicação de sanções a quem infringe a proibição de circulação de veículos também na área dos Tribunais.

Juan José Mendez, secretário de Transportes da Cidade de Buenos Aires afirma: “Nosso objetivo é ter uma cidade com menos carros e com transporte público de qualidade como a melhor alternativa de locomoção. Os moradores do Retiro e do Distrito Histórico já desfrutam da transformação de suas ruas. Com a implantação na área de pedestres nos Tribunais, a entrada de veículos nessa área foi reduzida em 35% e dois milhões de pessoas melhoraram sua qualidade de vida”.

Espera-se para esta segunda etapa que a redução de veículos atinja também 50% na área de Tribunais.

PAPEL DO TRANSPORTE PÚBLICO

Centro Pedestre, composto pelo atual Microcentro; Retiro, Distrito Histórico e Tribunais é uma das áreas mais conectadas da cidade e para a qual mais pessoas convergem todos os dias.

O transporte público pode circular pelas áreas restritas durante as 24 horas do dia, possibilitando o acesso a elas por ônibus, metrô, táxi e remis. É possível também o acesso por automóveis particulares, desde que seu proprietário possua permissão. Para permitir a circulação de veículos na cidade, as avenidas continuam a ser de livre acesso para o tráfego geral.

A administração pública da Cidade de Buenos Aires calcula que o impacto total das medidas até possa ser resumido com os seguintes dados: dois milhões de pessoas beneficiadas todos os dias; maior segurança viária em 259 quadras e 2.800 toneladas de CO2 a menos por ano (são necessárias 37 mil árvores para neutralizar tal volume de emissão desse poluente).

AOS DOMINGOS, NO VERÃO

Neste verão de 2019, nos dias 13, 20 e 27 de janeiro e 3, 10 e 17 de fevereiro, das 16 h às 21 h, algumas ruas de bairros de Buenos Aires são transformadas em ruas de pedestre. Segundo o governo da cidade, os moradores podem se apropriar da via “para caminhar, beber mate, sentar, fazer ginástica, descansar, andar de bicicleta e curtir”. Além disso, estão sendo desenvolvidas oficinas, aulas, shows e outras atividades para desfrutar em família.

Veja também

Por