A Alamys publica um boletim técnico que aponta a Autoridade Única de Transporte (AUT) como um pilar para a mobilidade sustentável

A Secretaria Geral da ALAMYS (Associação Latino-Americana de Metrôs e Subterrâneos) disponibilizou em seu site o Boletim Técnico nº 3, intitulado Autoridades de Transporte: o pilar da mobilidade sustentável. A publicação tem 12 páginas, incluindo as capas, e está estruturada em cinco capítulos: Introdução, Contextualização, Antecedentes gerais, Organização, regulamentação e integração do transporte público e Conclusões.

A nota sobre o lançamento da publicação explica que as Autoridades Únicas de Transporte (AUT) nas cidades da América Latina são usadas como uma das chaves para o sucesso de um desenvolvimento planejado e organizado do transporte público.

E aponta que ter uma Autoridade Única de Transporte contribui para a configuração de um sistema que atende de forma coordenada as necessidades de uma mobilidade segura, eficiente, sustentável e com uma visão de futuro necessária para as cidades, cada vez mais complexas de abordar.

Conforme o comunicado, a publicação mostra o status atual das entidades responsáveis ​​pelo planejamento, gestão, coordenação e financiamento dos diferentes modos de transporte público nas cidades da América Latina onde existem operadoras pertencentes à ALAMYS; ou seja, se elas correspondem a Autoridades Únicas de Transporte responsáveis ​​pela mobilidade em suas respectivas áreas de atuação ou se estão disseminadas em diferentes repartições públicas de governos locais, regionais, estaduais ou nacionais, dependendo da distribuição geopolítica de cada país, para poder entender melhor sua organização.

A consolidação, análise e publicação das informações da edição foram realizadas pela Secretaria Geral da ALAMYS, com a colaboração dos seus principais parceiros e o trabalho dos coordenadores dos seus Comitês Técnicos.

Veja a publicação em espanhol.

Veja a publicação em português.

 

Veja também

Por