Um terço das propostas do orçamento participativo ‘Buenos Aires Escolhe’ se refere a ideias sobre mobilidade e trânsito

O governo da capital argentina informa que já foi iniciada a etapa de análise das propostas do programa de orçamento participativo Buenos Aires Escolhe (BA Elige).

As diferentes áreas do governo já estão avaliando os 26 mil projetos enviados por moradores. Um terço das propostas – exatamente 8.803 ideias – diz respeito a questões de mobilidade e trânsito. Os projetos viáveis ​​estarão disponíveis na plataforma virtual do programa para serem votados a partir de agosto de 2018.

A distribuição dos projetos por categoria foi a seguinte: mobilidade e trânsito (8.803), segurança (5.059), praças e parques (2.920), inovação (2.320), reciclado (2.280), esporte e qualidade de vida (1.655), animais de estimação (1.144), educação (825), cultura (538), feiras e mercados (233) e arte urbana (229).

As sugestões de projeto foram recebidas até 30 de abril de 2018 e, em maio, obtiveram os votos de apoio dos moradores da cidade. No total, mais de 210 mil pessoas participaram desta última etapa. Os projetos que vierem a ser considerados viáveis estarão disponíveis para a nova fase de votação, em agosto de 2018.

AS COMUNAS E A CIDADE INTEIRA

Neste ano, foram recebidas ideias para as diferentes comunas bonaerenses e para a cidade como um todo. Foram registradas 19.982 sugestões para as comunas e 6.022 para a cidade.

Cada comuna tem um orçamento específico alocado para financiar as propostas vencedoras; ao todo as 15 comunas contam com 499,5 milhões de pesos (USD 19,18 milhões).

O maior volume entre as comunas corresponde à Comuna 8, que compreende Villa Soldati, Villa Riachuelo e Villa Lugano, com 41,56 milhões de pesos (USD 1,59 milhão), e o menor volume corresponde à Comuna 2, referente à Recoleta, com 22,63 milhões de pesos (USD 0,86 milhão). Os projetos para toda a cidade têm previsão de 100 milhões de pesos (USD 3,84 milhões).

É importante observar que o orçamento disponível foi dividido entre as 15 comunas de forma proporcional à população e inversamente proporcional à renda per capita de cada comuna.

Para calcular a renda média por habitante, foi utilizado o Inquérito Anual Domiciliar de 2014, realizado pela Direção Geral de Estatística e Censos do Governo da Cidade de Buenos Aires, e o cálculo de habitantes por comuna foi baseado no Censo de 2010, realizado pelo Instituto Nacional de Estatística e Censos.

Eis as 15 comunas os bairros que a integram: Comuna 1 – Retiro, San Nicolás, Puerto Madero, San Telmo, Montserrat, Constitución. Comuna 2 – Recoleta. Comuna 3 – San Cristóbal, Balvanera. Comuna 4 – Boca, Barracas, Parque Patricios, Nueva Pompeya. Comuna 5 – Almagro, Boedo. Comuna 6 – Caballito. Comuna 7 – Flores, Parque Chacabuco.  Comuna 8 – Villa Soldati, Villa Riachuelo, Villa Lugano. Comuna 9 – Parque Avellaneda, Liniers, Mataderos. Comuna 10 – Villa Real, Monte Castro, Versalles, Floresta, Vélez Sársfield, Villa Luro. Comuna 11 – Villa Gral. Mitre, Villa Devoto, Villa del Parque, Villa Santa Rita. Comuna 12 – Coghlan, Saavedra, Villa Urquiza, Villa Pueyrredón. Comuna 13 – Belgrano, Núñez, Colegiales. Comuna 14 – Palermo. Comuna 15 – Chacarita, Villa Crespo, Paternal, Villa Ortúzar, Agronomía, Parque Chas.

Veja o site do programa

https://baelige.buenosaires.gob.ar/ba_elige

 

 

Veja também

Por