NA IMPRENSA – Jornal mostra a facilidade de obtenção de licença para dirigir na Cidade do México e pergunta quando serão aplicados exames para habilitação

A matéria traz depoimento da pesquisadora Ruth Perez Lopes, da Universidade Autônoma Metropolitana (UAM), que se declara um “perigo público” por ter obtido oficialmente uma licença para dirigir autos sem ter condições para tanto      

Com base em depoimento da pesquisadora Ruth Perez Lopes, da Universidade Autônoma Metropolitana (UAM), que se declara um “perigo público” por ter obtido oficialmente uma licença para dirigir automóveis sem ter condições para isso, o jornal mexicano Dinero en Imagen indaga quando serão aplicados exames para habilitação na capital do país.

A pesquisadora, que, na verdade, é ciclista e não tem interesse em dirigir, explica em vídeo integrante da reportagem que, para obter a licença, teve apenas que apresentar “dois papéis” (documento oficial de identificação e comprovante de residência) e fazer um pagamento de 796 pesos (USD 42,60).

A subsecretária de Planejamento da Secretaria de Mobilidade (Semovi), da Cidade do México, Laura Ballesteros, informou que o exame de direção para obtenção da licença tipo A – exitgência do Programa Integral de Segurança Viária e da Lei de Mobilidade, começará – a ser aplicado no segundo semestre de 2018.

Veja a matéria

Veja também

Por