UITP América Latina divulga balanço de atividades em 2017

A União Internacional de Transportes Públicos – Divisão América Latina (UITP/DAL) divulgou um rápido balanço no final de 2017, afirmando que encerrava o ano “com muitos desafios superados e com outros a serem fortemente trabalhados” nos próximos anos.

A entidade considerou 2017 como “um ano com uma conjuntura econômica impactante no setor de mobilidade pública, mas com uma vertente de enormes oportunidades provocadas pela economia compartilhada que se fortalece a cada dia”.

De acordo com o comunicado, a Divisão  realizou mais de 50 atividades distintas na América Latina, concentrando um público de 10 países da região com a participação de mais de 110 organizações públicas e privadas; 15 empresas patrocinaram diretamente a realização de eventos, com o Seminário de ITS e Cidades, em março, e também a 14ª Assembleia America Latina, realizada no mês de novembro.

O relato destaca: “Nossos grupos de trabalho consolidaram importantes resultados em seus campos de atuação. Um novo grupo, o de Dados Abertos e Inovação, atuou de forma intensa e inédita. As discussões sobre custos operacionais dos sistemas sobre pneus e o desafio dos ônibus elétricos foram debatidos. O grupo de metrôs organizou uma reunião com apoio do Comitê Internacional e o programa de Comunicação e Promoção da Mobilidade fechou seu primeiro ciclo de reconhecimentos”.

Outro ponto colocado em realce foi o fato de o Congresso Mundial da UITP, realizado em maio, em Montreal, Canadá, ter registrado uma das maiores delegações regionais, significando, ao ver da UITP Divisão América Latina, que o setor de mobilidade no subcontinente está presente nos debates de contexto global. “Prova disto foi o reconhecimento de um projeto local – Parceria Público-Privada do Sistema Integrado Metropolitano da Região Metropolitana da Baixada Santista – como a melhor modelagem financeira para o transporte urbano, registrada no biênio 2016-2017”.

O comunicado é encerrado com um agradecemos por “todo o apoio que nos foi concedido”, e com a seguinte ponderação: “Uma vez mais afirmamos que a UITP completará 133 anos em 2018, muito mais forte e mais abrangente graças à intensa participação do setor”. Por Alexandre Asquini.

Por